Arquivo de etiquetas: Língua Nativa

Defski – Malabarista (vídeo)

Este vídeo parte de um desafio lançado pelo Defski ao realizador Marco Aurélio no sentido de cruzar o tema “Malabarista” que inclui um trecho do poema “Poeta Castrado, Não!” do poeta português José Carlos Ary dos Santos, com sequências e frames retiradas da obra “Tir” (datada de 1979) do realizador soviético Vladimir Tarasov, a música é totalmente composta por samples do final dos anos 70, trata-se portanto de um exercício estético com um fundo ideológico bem definido.

Vídeo realizado por Marco Aurélio. Instrumental produzido por Defski.

Defski cartaz

Março é tempo para “O Dadaísta de Gabú” de Defski!

Voltamos à senda do trabalho para trazer o novo EP do produtor franco-português Defski | O Dadaísta de Gabú.

Gabú foi a capital do reino de Gabú, terra de griots. Para o artista este EP significa um regresso às origens, o culminar de um ano de pesquisa sonora entre a Guiné-Bissau e Portugal, pelo meio viagens iniciáticas ao Sahara Ocidental e à Mauritânia, e principalmente à zona de Gabú onde compartilhou experiências com os griots locais, procurando as raízes do Hip Hop.

Defski

Nascido em 1973 em França, iniciou o seu percurso artístico no coletivo de músicos covilhanenses “Factor Activo”, entre 1991 e 2006 participa em várias compilações portuguesas e internacionais, destacando-se o álbum editado em 2004 pela Loop:Recordings “Em directo do Fim do Mundo”. Continuar a ler

Malvares de Moscoso e J.CNNR – N.O. (videoclip)

Canção pertencente ao single “N.O./Trens cara ao sul” de Malvares de Moscoso e J.CNNR.

Letra: Mario Regueira
Voz: Malvares de Moscoso
Instrumental: J.CNNR
Dirigido por Alberto Lora (Néboa Films)

Ela é o coração escuro da cidade

Eu sou a maré fechada por sempre no teu pulso
e só depois do último ritual é que chegará o sossego

Continuar a ler

MLVRS x J.CNNR_lo-fi

Língua Nativa viaja a Louisiana com ‘N.O./Trens cara ao sul’

O single “N.O./Trens cara ao sul” dos galegos Malvares de Moscoso e J.CNNR vai chegar aos vossos ouvidos o próximo dia 14. Os versos do poeta Mario Regueira topam-se com o trap em “N.O. (Nova Orleães)” e com os ritmos jamaicanos em “Trens cara ao sul”. A cidade do jazz e o bluesman Robert Johnson são os protagonistas desta linha musical que une a cultura afro-americana com a Galiza.

Os potentes beats do produtor J.CNNR encaixam perfeitamente com a agressividade vocal da combinação Hip Hop/Spoken Word de Malvares.