Arquivo de etiquetas: Mario Regueira

Malvares de Moscoso e J.CNNR – N.O. (videoclip)

Canção pertencente ao single “N.O./Trens cara ao sul” de Malvares de Moscoso e J.CNNR.

Letra: Mario Regueira
Voz: Malvares de Moscoso
Instrumental: J.CNNR
Dirigido por Alberto Lora (Néboa Films)

Ela é o coração escuro da cidade

Eu sou a maré fechada por sempre no teu pulso
e só depois do último ritual é que chegará o sossego

Continuar a ler

MLVRS x J.CNNR_lo-fi

Língua Nativa viaja a Louisiana com ‘N.O./Trens cara ao sul’

O single “N.O./Trens cara ao sul” dos galegos Malvares de Moscoso e J.CNNR vai chegar aos vossos ouvidos o próximo dia 14. Os versos do poeta Mario Regueira topam-se com o trap em “N.O. (Nova Orleães)” e com os ritmos jamaicanos em “Trens cara ao sul”. A cidade do jazz e o bluesman Robert Johnson são os protagonistas desta linha musical que une a cultura afro-americana com a Galiza.

Os potentes beats do produtor J.CNNR encaixam perfeitamente com a agressividade vocal da combinação Hip Hop/Spoken Word de Malvares.

Cartaz_LN_-_Culturgal2016_web

Língua Nativa no Cultural 2016!!!

O 3 de dezembro vamos participar no Culturgal, a Feira das Indústrias Culturais da Galiza. Esta nasceu com o objectivo de promover a acção cultural galega e remarcar o seu valor social e económico. Ali apresentaremos o novo trabalho da editora, o single “N.O./Trens cara ao Sul” de Malvares de Moscoso e J.CNNR. Contaremos com a presença do poeta Mario Regueira, responsável do apartado lírico das duas canções. Os versos desta obra estão extraídos do seu livro “Blues da Crecente”, editado em 2009 por Espiral Maior. O poemário obtive o Prémio de Poesia Johán Carballeira no ano 2008. É um passeio pela cultura afro-americana, entrecruzando os seus mitos (Marie Laveau, Robert jonhson…) com os mitos galegos. Uma poesia que atravessa o mar das migrações forçadas para dar de novo voz às minorias sociais e empapar-se das músicas de Nova Orleans.Cartaz_LN_Culturgal