Arquivo de etiquetas: N.O./Trens cara ao sul

PMCDX

Malvares de Moscoso e J.CNNR finalistas aos Premios Martín Códax da Música na categoria de eletrónica!!!

Os Premios Martín Códax da Música nasceram em 2013 promovidos pela “Asociación de Músicos ao Vivo”, com o objetivo entre outras coisas de dar reconhecimento a criação, a diversidade e a qualidade artística das produções musicais galegas. Revelar novos talentos da cena musical galega e achegar a música e o seu processo de produção ao público.

Nesta passada noite do 6 de abril teve lugar a gala de nomeados, na que se davam a conhecer os nomes de três artistas finalistas para cada categoria musical. Para esta primeira fase do concurso a eleição dos mesmos foi por conta das sócias e sócios da associação, que escolheram a Malvares de Moscoso e J.CNNR como finalistas na categoria de música eletrónica pelo seu trabalho “N.O./Trens cara ao sul” editado por esta editora.

À espera do que aconteça no próximo dia 3 de maio na Gala de Entrega de Prémios no Pazo da Cultura de Pontevedra (Galiza), desde aqui damos-lhes os parabéns aos nossos artistas por serem finalistas e desejamos-lhes a maior das sortes.

FT-MJ1

Entrevista a Malvares de Moscoso e Alberto Lora na Rádio Galega.

A semana passada entrevistaram a Malvares de Moscoso no programa Onda Vital da Rádio Galega. O lançamento de “N.O./Trens cara ao sul” e outros projetos que está a realizar junto ao produtor J.CNNR e o realizador Alberto Lora foram os protagonistas da conversa. 

O próprio Alberto também responde às perguntas da apresentadora Xiana Arias depois de pôr imagens a “N.O.”. Ele já trabalhara com a nossa editora dirigindo o videoclip de “Lume” de Rebeliom do Inframundo, canção incluida na compilação “Língua Nativa”.

Ouvir programa

FT-MJ

“N.O.” de Malvares de Moscoso e J.CNNR abrindo La Cuarta Parte (Radio Nacional de España)

“La Cuarta Parte”, o programa que dirige o mítico rapper Frank T em Radio 3 de Radio Nacional de España, abriu na passada noite com “N.O.” de Malvares de Moscoso e J.CNNR. Frank T é um dos mc’s e produtores mais importantes do Estado espanhol. Ex-componhente de El Club de los Poetas Violentos, uma das bandas pioneiras em Espanha, nos últimos anos tem-se destacado como um grande locutor de rádio e um dos maiores divulgadores da Black Music espanhola.

Malvares de Moscoso e J.CNNR – N.O. (videoclip)

Canção pertencente ao single “N.O./Trens cara ao sul” de Malvares de Moscoso e J.CNNR.

Letra: Mario Regueira
Voz: Malvares de Moscoso
Instrumental: J.CNNR
Dirigido por Alberto Lora (Néboa Films)

Ela é o coração escuro da cidade

Eu sou a maré fechada por sempre no teu pulso
e só depois do último ritual é que chegará o sossego

Continuar a ler

MLVRS x J.CNNR_lo-fi

Língua Nativa viaja a Louisiana com ‘N.O./Trens cara ao sul’

O single “N.O./Trens cara ao sul” dos galegos Malvares de Moscoso e J.CNNR vai chegar aos vossos ouvidos o próximo dia 14. Os versos do poeta Mario Regueira topam-se com o trap em “N.O. (Nova Orleães)” e com os ritmos jamaicanos em “Trens cara ao sul”. A cidade do jazz e o bluesman Robert Johnson são os protagonistas desta linha musical que une a cultura afro-americana com a Galiza.

Os potentes beats do produtor J.CNNR encaixam perfeitamente com a agressividade vocal da combinação Hip Hop/Spoken Word de Malvares.

Cartaz_LN_-_Culturgal2016_web

Língua Nativa no Cultural 2016!!!

O 3 de dezembro vamos participar no Culturgal, a Feira das Indústrias Culturais da Galiza. Esta nasceu com o objectivo de promover a acção cultural galega e remarcar o seu valor social e económico. Ali apresentaremos o novo trabalho da editora, o single “N.O./Trens cara ao Sul” de Malvares de Moscoso e J.CNNR. Contaremos com a presença do poeta Mario Regueira, responsável do apartado lírico das duas canções. Os versos desta obra estão extraídos do seu livro “Blues da Crecente”, editado em 2009 por Espiral Maior. O poemário obtive o Prémio de Poesia Johán Carballeira no ano 2008. É um passeio pela cultura afro-americana, entrecruzando os seus mitos (Marie Laveau, Robert jonhson…) com os mitos galegos. Uma poesia que atravessa o mar das migrações forçadas para dar de novo voz às minorias sociais e empapar-se das músicas de Nova Orleans.Cartaz_LN_Culturgal